Sou uma espécie de super-herói

 

Photo by Yulia Matvienko on Unsplash

Hoje por volta das 4h da manhã, acordei com gritos aflitivos na rua, levantei-me de imediato, espreitei pela janela e vejo um bandido a empunhar uma faca de cozinha junto ao pescoço de uma mulher de aspecto ainda jovem.

Com a outra mão tapava-lhe a boca para evitar que esta continuasse a gritar, ao mesmo tempo que a ameaçava dizendo algo junto ao seu ouvido. 

Caraças pá, alguns de vocês conhecem-me e sabem que sou pacífico, mas naqueles segundos não sei o que me deu e fiquei cego com a adrenalina, deixei de pensar direito, peguei numa barra de ferro que existe cá em casa e segui disparado pelas escadas abaixo. 

Podem ficar orgulhosos de mim, saí a porta de rompante, atravessei a rua a correr (ele nem deu por mim) e mandei com toda a força uma marretada na mesa de cabeceira!! 😕 

Ainda me dói o braço...

Disparates
22.5.22
0

Procurar no Cliques & Letras

Escreva-me

Comentários

Blogs Portugal